Segunda, 03 de agosto de 2020   -     22:53 |

153 medicamentos são testados contra o novo coronavírus

Ainda sem uma vacina aprovada para a Covid-19, pelo menos 153 medicamentos estão sendo testados em 1.756 estudos com pacientes ao redor do mundo. Os dados são referentes ao início do mês de junho e, até o momento, a maioria dos remédios ainda está em fase muito inicial.

Apesar das pesquisas avançadas com a cloroquina e a hidroxicloroquina, os resultados ainda têm se mostrado pouco eficazes. O antiviral remdesivir, usado originalmente contra o ebola, apresentou uma mortalidade menor e o tempo de recuperação em pacientes hospitalizados foi de 11 dias. O tocilizumabe, que impede a chamada tempestade inflamatória, teve poucos pacientes e também está em testes no Brasil.  

– Diferentemente da cloroquina, a dexametasona é um medicamento com plausibilidade biológica para que seja adjuvante no tratamento da Covid-19. Os resultados anunciados mostram diferença expressiva de mortalidade. No entanto, para que essa medicação seja realmente tão efetiva na vida real quanto foi no estudo científico, os cuidados intensivos oferecidos em nossas UTIs precisam ser de alta qualidade. O básico precisa ser bem feito para que a dexametasona possa realmente salvar um terço dos tratados – afirma o médico e pesquisador Ricardo Schnekenberg, que acompanha os estudos clínicos contra a doença. 

* Com informações do Pleno News

Dê sua opinião: