Quarta, 08 de abril de 2020   -     02:39 |
5000onon

Wellington reúne diretores de hospitais estaduais para discutir sobre Coronavírus

O  governador Wellington Dias esteve reunido, nesta sexta-feira (13), na Escola Fazendária, com os diretores-gerais e diretores-clínicos dos hospitais estaduais, para discutir as atualizações do plano de contingência contra o Covid-19. Estavam presentes também o secretário de estado da Saúde, Florentino Neto, e o líder do governo na Assembleia Legislativa do Piauí, o deputado estadual Francisco Costa. Um dos primeiros estados a lançar um plano de contingência, desde o dia 21 de janeiro, o Piauí trabalha medidas preventivas contra a pandemia. A partir das novas informações que chegaram recentemente sobre o coronavírus e a doença, a Secretaria de Estado da Saúde atualizou os protocolos. 

 

" Estamos periodicamente nos reunindo e, todos os dias, compartilhamos informações com diretores-gerais e diretores-clínicos dos nossos hospitais. Temos um plano de contingência, que foi lançado ainda em janeiro, mas temos que ser muito claros com a sociedade que fizemos uma atualização na última semana nesse plano, em razão da dimensão que a epidemia tomou, inclusive com orientações mais recentes da Organização Mundial de Saúde. Essa reunião é justamente para socializar esta atualização, fazermos uma revisão dos procedimentos que foram adotados nos 15 casos suspeitos e que, destes, conseguimos investigar nove casos que foram descartados e temos apenas seis casos suspeitos nesse momento”, explicou o secretário Florentino Neto.

O gestor fez uma avaliação da preparação das equipes técnicas de saúde no Piauí, diante do novo coronavírus. “A avaliação que fazemos é que a atuação está satisfatória conforme os protocolos internacionais, bem como nosso plano de contingência, mas também estamos a todo momento revisando os procedimentos, checando efetivamente todos os pontos e todas as providências que temos que tomar para que a gente possa transmitir tranquilidade à população e ter a certeza de que estamos prontos para cumprir com a nossa responsabilidade nesse momento tão difícil”, pontuou Florentino Neto.

O governador ressaltou que a reunião faz parte de um conjunto de medidas de prevenção que estão sendo tomadas para evitar que a doença que propague no estado. “Estamos fazendo mais um encontro. Tivemos já nesse período um conjunto de decisões tomadas com base na ciência, ouvindo infectologistas, ouvindo toda a nossa rede pois, hoje, estamos integrados à rede federal, estadual, municipal, setor público e setor privado. Temos agora um conjunto de medidas: sempre que possível evitar eventos com aglomerações, o cuidado pessoal, lavar sempre as mãos. Agora estamos adotando outras medidas: queremos ter, integrados com os aeroportos, as condições de também ter um acompanhamento sobre as pessoas que vêm de áreas com a propagação mais elevada e, a partir daí, orientar e acompanhar essas pessoas. Então, o objetivo é muito mais de trabalhar a prevenção”, observou Wellington Dias.

Florentino Neto destacou ainda a importância das orientações de cuidado pessoal. “As orientações são as mesmas: principalmente, a higienização das mãos; se tiver se sentindo mal, com febre deve ficar em casa, se tratar em casa, não sair; evitar o contato próximo com as pessoas em caso de estar acometido por gripe e todos aqueles cuidados que são cuidados da higienização que se a se toma normalmente, mas que nesse momento temos que intensificar”, disse.

O município de Picos teve um caso suspeito no último final de semana e a equipe do Hospital Justino Luz seguiu as orientações e protocolos para tratar o caso, que foi descartado após os exames realizados. “Tivemos esse caso suspeito, a equipe já estava toda esclarecida de com conduzir. O paciente não passa pelo serviço de pronto atendimento, ele já é direcionado para um setor que não tem contato com o outros pacientes. No momento da coleta, os profissionais já estão também todos orientados para estarem com seu EPIs devidamente vestidos. Nesse caso, fomos pegos de surpresa no final de semana, mas a situação já era esperada, e conseguimos realizar os procedimentos e orientações. A Sesapi, juntamente com a Fundação Hospitalar, está disponibilizando os EPIs necessários para o uso dos profissionais”, relatou a diretora do hospital, Samara Sá.

Batalha do Jenipapo

O Governo do Estado do Piauí decidiu adiar a solenidade de outorga de medalhas em comemoração aos 197 anos da Batalha do Jenipapo, que aconteceria nesta sexta-feira (13), em Campo Maior, em razão das recomendações para evitar aglomerações.

“É um evento que reúne de duas a três mil pessoas. Confesso que foi bastante difícil para mim também compreender, para o prefeito Ribinha e para todos estavam na organização, mas os profissionais entenderam. Como iria ter pessoas de várias regiões do Brasil, então achamos melhor adiar as comemorações. Vamos, em algum momento, fazer as homenagens que sempre fazemos, aproveitando a homenagem aos heróis do Jenipapo, uma data importante na história da Independência, mas creio que, por uma medida preventiva, assim como um cuidado especial com outras atividades que tenho grandes aglomerações, especialmente em ambientes fechados quando se entender que há um risco mais elevado”, afirmou o governador Wellington Dias. 

* Com informações da CCOM 

Dê sua opinião: