Quinta, 22 de agosto de 2019   -     22:13 |
5000onon

"Bancada dos direitos humanos" agora é suspeita de envolvimento com o PCC

Marcel Van Hatten (Foto: Divulgação)

O jornalista Cláudio Humberto, do Diário do Poder, diz na sua coluna de hoje que o líder do Partido Novo  na Câmara Federal, Marcel Van Hatten( RS ), depois de ouvir gravação de membro de organização criminosa xingando Sérgio Moro, "agora entende por que muitos deputados da esquerda fazem obstrução a projetos contra a impunidade e por endurecimento das leis contra o crime organizado".

Está sob suspensão de ligação com o PCC, a maior organização criminosa do país, a chamada bancada dos "Direitos Humanos" e alguns parlamentares que são radicalmente contra o pacote anticrime do ministro Sérgio Moro.

Em discurso em que pede a abertura de uma CPI para apurar as atividades do crime organizado, o deputado Marcel Van Hatten denuncia a existência de parlamentares envolvidos com o crime organizado.

Deputado de primeiro mandato que tem se destacado, Van Hatten, afirmou: " temos um longo caminho pela frente para tirar os bandidos das ruas e vencer seus defensores na política, alguns também bandidos" 

* Com informações da Redação 

Dê sua opinião: