Domingo, 15 de dezembro de 2019   -     04:10 |
5000onon

Obras de duplicação BR 343 cumprem calendário de execução

A duplicação da BR 343 segue dentro do cronograma de execução planejado, conforme dados do boletim semanal de monitoramento feito pala Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan). Para monitoramento das obras a garantir a celeridade na execução, a Seplan criou a Superintendência de Projetos Estratégicos, que faz a supervisão semanal nas BRs. “Nas visitas às obras, nós conferimos os avanços e pactuamos metas. Estamos na 11ª semana de monitoramento in loco e a obra mostra evolução, com perspectiva de avançar cada vez mais”, afirmou Nuno Bernardes, superintendente de Gestão de Projetos da Seplan. 

As obras da BR 343 compreendem a adequação, duplicação, melhoramento e restauração da rodovia. A duplicação, de 9,67 quilômetros de extensão, começa no final da Avenida João XXIII (em frente à rodoviária dos pobres) e vai até 2 km após o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em direção ao município de Altos. Os serviços estão sendo realizados pelo Governo do Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagens (DER), e a previsão de conclusão é para o primeiro semestre de 2020.

Ao mesmo tempo, as obras da BR 316 também são realizadas, na saída sul de Teresina. Esta será duplicada em 8,4 km de extensão. Terá quatro viadutos, duas faixas de 7,2 m, acostamento e faixa de segurança. A via central terá duas faixas de tráfego em cada sentido. As pistas marginais terão duas vias, ciclovia de três metros e calçadas de dois metros. Também serão feitas duas passagens de desnível e duas passarelas para pedestres.

 
Ao todo, serão investidos nas obras R$105 milhões, sendo R$ 66 milhões para a 316 e R$ 39 milhões para a 343. O financiamento é do BNDES, com contrapartida do Governo do Estado. “As duas são obras muito importantes que permitirão várias opções de pistas, a fim de garantir as condições de um melhor tráfego para as pessoas que precisam fazer os deslocamentos para as cidades da região norte, bem como as que moram em áreas mais afastadas da capital e passam pela região todos os dias”, disse o governador Wellington Dias.

* Com informações da Ccom

Dê sua opinião: