Segunda, 26 de agosto de 2019   -     02:45 |
5000onon

Flávio Dino conversa com Sarney de olho no isolamento de Ciro Gomes

O governador do Maranhão teve um histórico encontro com o ex-presidente José Sarney, até então, seu maior adversário político, com duração de quase 2 horas, na tarde de ontem (26), em Brasília-DF.

Flávio Dino (PCdoB) está de olho na lacuna que aumenta a cada dia na esquerda com o desgaste da imagem de Ciro Gomes (PDT), que tem emitido duras críticas ao Partido dos Trabalhadores.

Magoado, Ciro se isola e acusa os líderes da sigla de terem o abandonado na eleição para presidência da república, em 2018, para "embarcar numa aventura com Fernando Haddad".

Experientes políticos comentam que Flávio Dino aposta numa coalizão dos partidos de esquerda em torno de seu nome para 2022, com às bençãos de Lula (PT), que está preso na sede da Polícia Federal, em Curitiba-PR.

Sem perder tempo, o governador maranhense começou uma série de conversas com figuras como Fernando Henrique Cardoso, Lula e José Sarney, todos ex-presidentes; demais líderes de centrais sindicais e as chamadas minorias.

Dino tratou de dizer que o encontro com Sarney aconteceu apenas para "discutir o atual cenário brasileiro".

"Hoje conversei com o ex-presidente José Sarney sobre quadro nacional. Apresentei a ele a minha avaliação de que a democracia brasileira corre perigo, em face dos graves fatos que estamos assistindo. Já estive com os ex-presidentes Lula e Fernando Henrique, com a mesma preocupação", publicou o governador, em sua página no Facebook.

Dê sua opinião: