Segunda, 16 de dezembro de 2019   -     09:57 |
5000onon

Festival da Uva promove cultura, turismo e agronegócio em São João do Piauí

O festival nasceu com o objetivo de fomentar a produção da uva e de outras frutas na região de São João do Piauí, e na sua 7ª edição, o evento promoveu, além de grandes shows, oficinas de dança, feira de agricultura familiar e turismo. No palco principal, grandes artistas nacionais e piauienses fizeram a festa na Praça Honório Santos, nos dias 15 e 16 de novembro.

A abertura do evento foi realizada na Fruticultura Coelho, uma das que mais produz uvas na cidade. O governador Wellington Dias, o secretário de Estado da Cultura, Fábio Novo, e as demais autoridades, visitaram o parreiral, junto com o produtor Marcos Coelho.

“Ninguém imagina que o Piauí é um grande produtor de uva, e com esse festival a gente pode agregar várias coisas importantes para o estado. São João produz uva três vezes por ano, é uma região próxima à Serra da Capivara, e quando agrega a parte cultural, conseguimos fazer um festival dessa magnitude”, conta o secretário da Cultura.

A cidade também recebeu oficinas de dança, com o professor Frank Lauro, da Escola Estadual de Dança Lenir Argento, que durante duas semanas ministrou aulas para pessoas de todas as idades, que se apresentaram durante o evento.

“Eu montei duas coreografias clássicas e uma de hip hop com crianças e adolescentes, e trabalhamos dança de salão com pessoas de 30 a 75 anos de idade. Foi muito gratificante, porque conseguimos juntar quase 60 pessoas nessa oficina, e mostramos um pouco o que é a dança”, afirma o professor Frank Lauro.

No primeiro dia do evento, quem subiu ao palco foram os piauienses Frank Sabbá, Dom Breguête e Dandinha e banda. A banda Biquíni Cavadão também fez um show histórico para o público de São João, e Muleke Doido fechou a noite de apresentações.

Na segunda e última noite foi a vez de Luis Yule, Chambinho do Acordeon, Solange Almeida, Araketu e banda Dijé.

O 7º Festival da Uva foi uma realização do Governo do Estado e da Prefeitura Municipal de São João do Piauí, com apoio de diversos órgãos como Sebrae, Codesvasf, Secult, Setur, CCom, Emater, Adapi, Assentamento Marrecas e Fruticultura Coelho.

* Com informações da Ccom/ PI

Dê sua opinião: