Quinta, 24 de outubro de 2019   -     00:03 |
5000onon

Dudu debate realocação de recursos para as mulheres e juventude da capital

Após proposição do vereador Dudu (PT), a Câmara Municipal de Teresina (CMT) realizou uma reunião com a secretária municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, Marcilane Gomes, o secretário municipal de Juventude, José Filho, e o secretário municipal de Planejamento, José João, para discutir sobre a alocação de recursos na Lei Orçamentária Anual (LOA) 2020 para o desenvolvimento de ações nos dois setores.

Dudu ressalta a necessidade que sejam destinados mais investimentos para dois dos segmentos mais importantes de Teresina. “As secretarias colocaram as impressões e a necessidade de discutir a destinação de mais recursos para as pastas, uma vez que a LOA prevê poucos investimentos para as mulheres e a juventude. Não poderíamos ficar sem fazer esse debate para encontrar mecanismos e melhorar tais investimentos. Teresina vem vivenciando uma onda de feminicídios. O secretário de planejamento ficou de analisar se é possível que as nossas emendas sejam realocadas para melhorar as ações nas duas pastas. Digo sempre que é por meio do diálogo que vamos encontrar uma solução que beneficie a todos os teresinenses”, declarou Dudu.

A proposta da Lei Orçamentária Anual (2020) prevê uma receita de aproximadamente 3,7 bilhões para o provimento de políticas públicas em diversos setores da capital. Para a juventude estão previstos investimentos na ordem de R$ 5,1 milhões, o que totaliza apenas 0,13% da receita.

“Aproveitamos a reunião para tratar sobre a questão do orçamento destinado aos jovens de Teresina. Esperamos que a Secretaria de Planejamento junto com a Prefeitura em breve possa conseguir ampliar o orçamento da Semjuv. Muito embora tenhamos visto que nos últimos dois anos tivemos um incremento de mais recursos e sempre são bem-vindos. Temos que continuar lutando por mais recursos para ampliar os serviços”, destacou o secretário de Juventude, Zé Filho.   

Já para o desenvolvimento de políticas públicas para as mulheres serão destinados apenas R$ 3,4 milhões, o que representa a parcela de 0,09% do orçamento. “Desenvolvemos diversas ações importantes de políticas para as mulheres da nossa cidade. E é sempre bom ser ainda mais fortalecido no que diz respeito a recursos para ampliar os serviços”, disse Marcilane Gomes, secretária de Políticas Públicas para as Mulheres.

 “Estamos buscando mais verbas para a Secretaria de Mulheres, mas infelizmente ainda não conseguimos a liberação para a ampliação de importantes projetos como o Centro Integra Mulher e Amor de Tia, que tem o objetivo de integrar as ações de proteção para as mulheres de Teresina.  Nos últimos anos, tivemos um considerável incremento nas verbas da juventude, mas para as mulheres ainda precisamos buscar a possibilidade de mais investimentos”, afirmou o secretário de planejamento, José João.     

Fonte: Com informações da Assessoria

Dê sua opinião: