Sábado, 06 de junho de 2020   -     23:22 |

Coronavírus: W. Dias determina que o máximo de pessoas deve ser testado

Foto: Reprodução 

O governador Wellington Dias se reuniu por videoconferência, nesta sexta-feira (3), com a Comissão de Operações Emergenciais (COE) para o coronavírus e anunciou que todas as pessoas que tenham qualquer sintoma da Covid-19 devem ser testadas.

O Governo do Estado viabilizou a chegada de testes para a Covid-19 em Teresina. O Estado já conta com mais de sete mil testes disponibilizados pelo Ministério da Saúde, e devem chegar, ainda nesta sexta-feira (3), 10 mil testes e até a próxima quarta-feira (8) há a previsão para a chegada de mais 10 mil, adquiridos pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi).

“Discutimos exatamente como serão realizados os testes. Primeiramente, todas as pessoas que estão na linha de frente devem ser testadas: os profissionais de saúde, as pessoas que estão trabalhando nas barreiras sanitárias, como a Vigilância Sanitária, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, médicos legistas, que estão nos aeroportos e alargando a escala para as pessoas que estão vulneráveis. O objetivo é melhorar nossa capacidade de resposta”, afirmou o chefe do Executivo estadual.

A comissão também debateu a disponibilidade de leitos em hospitais da rede privada, bem como as prioridades para aquisição de respiradores, exames-testes, Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e leitos clínicos, trabalhando de foram integrada com outros estados do Nordeste.

Outra pauta abordada foi a criação de um aplicativo que irá funcionar como centro de informações sobre a Covid-19, no qual terá uma equipe de saúde para orientar a população sobre possíveis sintomas e direcioná-los à rede de saúde, além de fazer um mapa de identificação de sintomas em todo o estado. O Canal Educação também será utilizado para treinamentos dos profissionais que estão realizando os testes e para a operação do aplicativo.

Na oportunidade, o governador determinou que serão intensificadas as operações de fiscalização no feriado da Semana Santa. “Vamos fazer um alerta para a Semana Santa, pedir aos representantes religiosos  para solicitar que as pessoas fiquem em casa, evitarem viagens e retiros. Vamos também intensificar as fiscalizações de transportes de passageiros, pois esse deslocamento pode levar o vírus para as cidades do interior e/ou trazer para Teresina, além de ter possibilidade de sobrecarregar os hospitais do interior”, ressaltou o gestor.

* Com informações da CCOM 


Dê sua opinião: