Domingo, 17 de novembro de 2019   -     05:03 |
5000onon

Construção de linhas de transmissão de energia geram empregos no Sul do Piauí

A geração de emprego no Piauí não para, o desenvolvimento chega de Norte a Sul do estado. No âmbito da produção de energia, o estado expande a cobertura com investimentos tanto em energias renováveis quanto na qualidade da distribuição à população e, da mesma forma que o estado produz energia, gera também empregos em diversas áreas e oportunidades de melhoria de vida para os piauienses.

No Sul do estado, duas linhas de transmissão de energia estão em construção, por meio do Consórcio Linhão T-Bapi e Consórcio Sertanejo, entre Piauí e Bahia, proporcionando mais oportunidades de trabalho diretos e indiretos na região.

Uma das linhas de transmissão sairá de Buritirama (BA) até Queimada Nova (PI), passando por nove municípios, com 372km de extensão. A linha, em tensão de 500kV (500.000 Volts), é necessária para melhorar o fluxo de energia elétrica entre as regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul no contexto do Sistema Interligado Nacional (SIN).

Os municípios do Piauí que serão beneficiados são: Dirceu Arcoverde, Coronel José Dias, Dom Inocêncio, Lagoa do Barro e Queimada Nova. A Equatorial será a concessionária responsável pela implantação, operação e manutenção dessa linha de transmissão por um período de 30 anos consecutivos.

 Foto: Divulgação

A construção da LT de Buritirama (BA) – Queimada Nova (PI) está sendo realizada pela empresa Andrade Gutierrez e se encontra na terceira etapa, com previsão de entrega para junho de 2020. As obras são realizadas nos municípios de Dirceu Arcoverde, Dom Inocêncio e Queimada Nova, essas duas últimas estão entre os principais canteiros de obras de todo o projeto, que tem mais de 800 km.

O encarregado da obra em Dirceu Arcoverde, Levi Ribeiro, afirma que as obras estão mudando a realidade da população daquela região. “As obras da linha de transmissão estão trazendo desenvolvimento para os municípios onde estão instaladas. Em Dirceu Arcoverde temos mais de 80 colaboradores e em Dom Inocêncio já são cerca de 120 pessoas trabalhando nas mais diversas funções. Assim, as obras estão trazendo desenvolvimento para o estado e para os municípios dessa região”, disse Ribeiro.

A atividade principal dos trabalhadores de Dirceu Arcoverde é a construção civil, mas precisavam se deslocar para outros estados em busca de postos de trabalho. A construção das LTs oferece a oportunidade de trabalho na cidade onde moram e desenvolvimento de empreendimentos, principalmente nos setores de hotelaria e alimentação.

“Os homens precisavam passar meses fora de casa trabalhando em obras pelo Brasil a fora e essa é uma grande oportunidade de trabalhar na cidade onde moram e estar com suas famílias. Além disso, os hotéis estão lotados, os restaurantes da cidade têm bastante movimento e até casa para alugar já não tem mais na cidade. Portanto, vemos um desenvolvimento grande e geração de emprego também nesses setores”, destacou o vereador de Dirceu Arcoverde, Rodolfo Galvão Segundo.

A expectativa é que ainda mais empregos serão gerados com a construção da outra Linha de Transmissão: a LT 500kV Buritirama – Queimada Nova II – Curral Novo do Piauí II e Subestações Associadas, concedida à Transmissora Sertaneja de Eletricidade S.A. Essa LT, com 482km de extensão, também atravessará a Bahia e o Piauí, ao longo de 12 municípios: Buritirama (BA), Pilão Arcado (BA), Campo Alegre de Lourdes (BA), Fartura do Piauí (PI), Dirceu Arcoverde (PI), Coronel José Dias (PI), Dom Inocêncio (PI), Lagoa do Barro do Piauí (PI), Queimada Nova (PI), Acauã (PI), Betânia do Piauí (PI) e Curral Novo do Piauí (PI).

* Com informações da Ccom

Dê sua opinião: