Quinta, 22 de agosto de 2019   -     22:13 |
5000onon

Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de matar Gabriel Brenno em Teresina

 Foto: Reprodução

O motorista de aplicativo, Deivid Ferreira de Sousa, acusado de matar o estudante Gabriel Brenno é considerado foragido da Justiça do Estado do Piauí. Nessa terça-feira (23) foi expedido o mandado de prisão preventiva em desfavor de Deivid.

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) confirmou na manhã desta terça-feira (23) a morte do estudante Breno Nogueira que deu entrada no hospital após ser baleado com um tiro na cabeça em frente a uma pensão onde o jovem morava no Centro de Teresina.

Gabriel Brenno Nogueira da Silva Oliveira, 21 anos, deu entrada no último dia 17 de julho, às 7h42, vítima de arma de fogo na região da cabeça próximo a nuca.

O crime aconteceu na frente de uma pensão no Centro de Teresina, quando a vítima saía para a escola que fica próxima. A Polícia Civil, através do 1° DP, investiga o caso e já chegou ao principal suspeito do crime que seria o ex-marido de uma mulher com quem a vítima teria mantido um relacionamento. A mulher do suspeito, amigos e familiares da vítima já foram ouvidos pela polícia, que também descobriu que o suspeito teria tentado se hospedar na mesma pensão da vítima e estaria rondando o local. O carro utilizado no crime já foi identificado como tendo sido alugado numa locadora de veículos.

* Com informações do Fala Piauí

 

Dê sua opinião: