Quarta, 20 de novembro de 2019   -     03:16 |
5000onon

Coluna Coluna Feitosa Costa

PT e Fábio Abreu só em eventual segundo turno em Teresina

Uma candidatura a prefeito de Fábio Abreu (PR) teria apoio do Partido dos Trabalhadores (PT) apenas em eventual segundo turno das eleições na capital, é o que afirma o deputado estadual Fábio Novo.

O PT de Teresina está trabalhando para ter candidatura própria e sede apenas a vaga de vice na chapa (a sobra pra Abreu). É um assunto pacificado para 2020. 

O próprio Fábio Novo lidera diálogos em torno de sua pré-candidatura dentro do partido, em paralelo a de Franzé Silva, chegando a reunir na mesma mesa, de forma inédita, Cícero Magalhães e Gilberto Paixão. 

A fala de Novo ao Carta Piauí deixa claro que uma união do PT com Fábio Abreu, que faz parte da base de Wellington Dias, aconteceria somente em 2º turno, já que o capitão também deve entrar na disputa pelo palácio de Teresina.

Resta saber se Abreu apoiaria o candidato petista. 

Assista:

EXCLUSIVAS

Para onde vai?

A estrada da ema, em José de Freitas, está dando o que falar.

Foi asfaltada e não se sabe se beneficia alguma comunidade.

Potencializar

Bolsonaro quer usar os US$ 10 bilhões da Arábia Saudita em infraestrutura no Brasil.

Direito de resposta

Em transmissão no Facebook, ontem à noite, Jair Bolsonaro criticou a TV Globo e pediu à emissora um espaço de dez minutos para falar sobre o caso Marielle Franco em rede nacional.

Te aqueta, menino

A fala do deputado Eduardo Bolsonaro sobre um possível retorno do AI-5 transformou-se numa crise desnecessária em Brasília. 

Tirou até o foco da vitória de seu pai sobre a Rede Globo.

Recordista de processos

O prefeito Dó Bacelar foi novamente condenado pelo Juiz Ulysses Gonçalves da Silva Neto, na Comarca de Porto Piauí.

Desta vez, por contratação irregular de funcionários e desobediência à Lei de Responsabilidade Fiscal.

Não respeita

Dó Bacelar, que esta semana foi publicamente desmascarado por ter falsificado documentos para contratação de empresa para abastecimento d'água, já tinha desrespeitado uma ordem do Juiz para realização de concurso público. 

Condenado

Em novo processo, o Juiz Ulysses Gonçalves condenou Dó Bacelar a perda dos direitos políticos por 5 anos e pagamento de multa.

A denúncia foi feita pelo Ministério Publico (MP-PI).


Dê sua opinião: