Segunda, 24 de fevereiro de 2020   -     05:36 |
5000onon

Coluna Coluna Feitosa Costa

PSOL queria que bens apreendidos com o tráfico ficassem com os criminosos

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) sofreu uma nova derrota na Câmara dos Deputados não conseguiu impedir a aprovação da medida 885, que possibilita o confisco de bens relacionados à traficantes de drogas. 

O partido de Marcelo Freixo e Glauber Braga tentou de todas as maneiras, obstruir a votação da medida provisória do presidente Bolsonaro, que permite as autoridades utilizar carros, lanchas e outros bens aprendidos com traficantes no combate ao crime, mas foi derrotado prevalecendo, a ideia de que o partido político não pode ficar a favor de criminosos. 

O deputado federal Eduardo Bolsonaro também celebrou a vitória de parte do Pacote Anticrime de Moro. O filho 03 do presidente aproveitou para denunciar a postura do PSOL durante a votação.

– PSOL obstrui votação da MP que prevê confisco de bens de traficante. Para o PSOL a propriedade privada do traficante deve ser sagrada né – tuitou Eduardo.    

 Foto: Câmara dos Deputados/Cleia Viana


Dê sua opinião: