Domingo, 07 de junho de 2020   -     00:00 |

Coluna Coluna Feitosa Costa

Prefeito de cidade piauiense nomeia primo para ser secretário de turismo em plena pandemia

O prefeito Henrique César Saraiva de Arêa Leão Costa publicou no dia 29 deste mês de abril uma portaria nomeando o próprio primo, Lucas Martins de Arêa Leão Costa, para o cargo em comissão de secretário municipal de turismo de Alto Longá do Piauí, em plena crise de enfrentamento ao novo coronavírus, doença que causa perplexidade à humanidade em todo o planeta.  

A inoportuna portaria foi publicada no Diário Oficial dos Municípios, com efeito retroativo a partir do dia 02 de abril deste ano, possibilitando que o rapaz receba salário referente aos últimos 28 dias.

Consta que não é a primeira vez que o prefeito age de modo suspeito quando na nomeação de parentes e amigos para cargos estratégicos. 

Henrique César já é alvo de uma ação de pedido de cassação do mandato, ajuizada em 2018, de autoria do Ministério Público (MP-PI), após empresas de seu próprio assessor especial de gabinete terem vencido processos de licitação para fornecimento de combustíveis estimados em mais de 1 milhão e meio de reais.

Na ação civil de improbidade administrativa, a promotora Denise Costa Aguiar aponta que o prefeito e o então assessor não observaram propositadamente as normas legais, realizando licitação com burla à regra da competitividade e com ofensa aos princípios da administração pública de forma premeditada e dolosa.

Alto Longá é uma cidade de pouco mais de 14 mil habitantes, situada a 80 km de Teresina, ao norte do Estado.

Abaixo - Portaria de nomeação do sobrinho do prefeito

Dê sua opinião: