Domingo, 15 de dezembro de 2019   -     05:43 |
5000onon

Coluna Coluna Feitosa Costa

Por acordo para 2022, Diretório do PT comandado por Cícero Magalhães não quer Franzé como candidato em Teresina

Por conta de um acordo para 2022, o diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) comandado por Cícero Magalhães não quer Franzé Silva como candidato a prefeito de Teresina. O grupo vai escolher o deputado estadual Fábio Novo. 

A notícia da costura nos bastidores tem alterado o humor do deputado Franzé, que é considerado por experientes políticos do Estado como sendo o nome mais viável da sigla para disputar as eleições na capital.

Pelo o que se observa, Franzé é muito popular e poderia crescer bastante, pois além de ter sido secretário de administração de Wellington Dias com muita visibilidade, quando tentou resolver o problema dos servidores públicos estaduais, foi o principal porta-voz do governo nos últimos anos à frente de assuntos da área econômica e até quando diante de crises entre partidos da base. 

Ocorre que o acordo feito no diretório do PT visa montar um quebra-cabeça para lançar Fábio Novo para deputado federal e Cícero para estadual, mas só em 2022, sem garantia alguma.

Os petistas rejeitam até mesmo compor uma possível chapa de Fábio Abreu. Inteligente, Cícero Magalhães quer mesmo é garantir base eleitoral para pegar um assento na Assembleia.

EXCLUSIVAS

Com muita luta

Os vereadores de oposição conseguiram adiar o 2º turno da votação no plenário da câmara municipal de Teresina do pedido de empréstimo na ordem de R$ 30 milhões solicitado pelo prefeito Firmino Filho (PSDB).

Desconfiança

Jeová Alencar (PSDB), Cida Santiago (PSD), Joaquim do Arroz (sem partido) e Dudu Borges (PT) desconfiam que a prefeitura quer gastar o dinheiro na aquisição de câmeras, não para investir num plano diretor de segurança, mas para aumentar a arrecadação com multas de veículos aos arredores da periferia.

Caroço no angú

O projeto apresentado pela prefeitura chama atenção pela participação da Strans no eventual Centro de Comando e Controle (CCO) a ser construído com recursos adquiridos junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A explicação da prefeitura

Firmino quer que o dinheiro chegue por meio da secretaria de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas, comandada por Samuel Oliveira, que diz ser para investir no fortalecimento da Guarda Municipal e a expansão do programa Vila Bairro Segurança.

Ninguém aguenta

Se os vereadores estão desconfiados, que dirá o motorista que já não aguenta mais ser surpreendido com radares da Strans em cada esquina e avenidas dos bairros de Teresina. 

Tem gente dizendo é que um golpe. 

Um ateu no Vaticano

O governador do Maranhão, Fávio Dino, integra a comitiva brasileira que vai se encontrar com o Papa. 

Crime bárbaro

A polícia deve relevar nas próximas horas em José de Freitas os responsáveis pelo assassinato do estudante conhecido como Lucas Loirinho, cujo corpo foi encontrado na periferia parcialmente enterrado. 

Os investigadores desconfiam que Lucas era envolvido com traficantes na região. 


Dê sua opinião: