Terça, 15 de outubro de 2019   -     13:51 |
5000onon

Coluna Coluna Feitosa Costa

Padre chamado de vagabundo por ex-prefeito será transferido por ordem do Bispo

O Monsenhor Silvestre deixará a paróquia da cidade de Nossa Senhora dos Remédios do Piaui por causa da polêmica em que foi chamado de “vagabundo” nas redes sociais pelo empresário e ex-prefeito Carlos Couto. 

Os festejos da padroeira remediense, que se iniciam neste mês de outubro, já serão celebrados pelo padre Adão Ribeiro, da vizinha cidade de Porto. 

Os chocantes áudios depositados por Couto no grupo “Portal da Drogaria” revelam a ira do empresário após outro integrante ter postado imagens dos festejos do povoado chapada, zona rural, na noite do dia 12 de setembro. 

Magoado, Carlos Couto disse que não participaria mais de missas enquanto o Monsenhor continuasse como líder da igreja católica do município. “Para eu não ter o desprazer de falar umas poucas e boas pra ele dentro da igreja, prefiro não ir”, esbravejou.

Por causa das fortes críticas do empresário ao padre, que é muito querido na cidade, o Bispo Dom Francisco de Assis da Diocese de Campo Maior resolveu tomou a medida mais dura, que é a transferência de Silvestre. A população está revoltada. 

Ouça o áudio do ex-prefeito:

 

Dê sua opinião: