Segunda, 24 de fevereiro de 2020   -     20:06 |
5000onon

Coluna Coluna Feitosa Costa

Irmão diz que viúva e filho de Eduardo Campos, candidato a presidente morto em 2014, têm um lado obscuro

Atacado pelo sobrinho, deputado federal João Campos( PSB ), filho de Eduardo Campos, ex-governador de Pernambuco que morreu em acidente de avião durante a campanha presidencial de 2014, o advogado Antônio Campos, irmâo do candidato morto, afirmou que a viúva e o filho têm um lado obscuro que o Brasil não conhece.

Antônio Campos disse ainda que seu sobrinho deputado foi forjado nas verbas da construtora Odebrecht, enrolada  nas investigações da operação Lava Jato.

Antônio Campos  afirmou ainda que vai encaminhar à Operação Lava Jato e à Procuradoria da República documentação que mostra o lado obscuro de Renata Campos, viúva de Eduardo, e de seu filho deputado João Campos.

Ana Arraes, avó do deputado João e mãe do advogado Antônio Campos, ministra do Tribunal de Contas da União aposentada indicada na época do Governo petista pelo filho Eduardo, fé um apelo para que a família pernambucana não se expresse dessa maneira mas tudo indica que não será ouvida, principalmente pelo filho Antônio, que foi atacado na ausência.

Como foi

Consta que numa audiência do ministro da Educação o deputado pernambucano João Campos criticou ações do MEC e durante sua defesa o ministro citou o tio do parlamentar, Antônio Campos, que é presidente da Fundação Joaquim Nabuco, órgão do MEC em Pernambuco.O deputado reagiu atacando o tio, chamando-o de pessoa do mal.   

Foto: Reprodução  


Dê sua opinião: