Terça, 15 de outubro de 2019   -     13:53 |
5000onon

Coluna Coluna Feitosa Costa

Estudante de 17 anos encontrado morto pode ter sido asfixiado com saco plástico

Desaparecido desde às 17h45min da última segunda-feira após deixar uma garota num bairro de José de Freitas, o estudante de segundo grau Lucas Rodrigues da Silva, de 17 anos, o Lucas Lourinho, foi encontrado morto, provavelmente asfixiado com um saco plástico, às 6 horas da manhã deste sábado, 28 de setembro, parcialmente enterrado às margens de um riacho do povoado Assentamento Marcos, zona rural de José de Freitas.A Polícia ainda não tem suspeitos mas acredita que ele foi vítima de traficantes com quem teria se envolvido.

O Instituto Médico Legal " demorou uma eternidade" para chegar ao local, segundo depoimento de populares revoltados, tanto é que só no final da tarde deste sábado o corpo saiu para Teresina para que fosse determinada a causa da morte.

Guarda Municipal de José de Freitas no local aonde o corpo foi encontrado (Foto: Reprodução)

Moto encontrada

Na última quarta-feira, a Pop 100 em que Lucas se deslocava foi encontrada queimada na periferia de José de Freitas, provavelmente pelos algozes do estudante.

Familiares e colegas do colégio de Lucas chegaram a fazer uma manifestação pedindo justiça na Praça Pedro Freitas, no centro de José de Freitas, em que exigiam providências da Polícia.

Frequentava o colégio

Lucas, Lourinho (Foto: Reprodução)

Mesmo sendo observado na cidade como jovem que tinha algum envolvimento com "gente que mexia com drogas", Lucas Lourinho frequentava o colégio com assiduidade e dormia regularmente na casa da mãe.

Acerto de contas

Guardas municipais disseram no final da tarde deste sábado acreditar que Lucas foi vítima de um "Acerto de contas" ou de algum traficante enciumado porque o rapaz tinha histórico de quem namorava com mulheres de seus prováveis cúmplices.

Dê sua opinião: