Terça, 12 de novembro de 2019   -     18:07 |
5000onon

Com gol nos acréscimos, São Paulo bate o Botafogo e encerra jejum

 Foto: Rickey Rogers/Reuters

Com um gol nos acréscimos do segundo tempo, o São Paulo derrotou o Botafogo por 2 a 1, neste sábado, no Engenhão, na abertura do segundo turno do Campeonato Brasileiro, e voltou a vencer na competição.

Hernanes abriu o placar para o São Paulo. João Paulo empatou ainda na etapa inicial. E quando a partida caminhava para a igualdade, Pablo deu a vitória ao time do Morumbi.

O resultado encerra uma sequência negativa do São Paulo, que não vencia há quatro rodadas: dois empates (Grêmio e CSA) e duas derrotas (Vasco e Internacional).

Com a vitória, o São Paulo chega aos 35 pontos, sobe para a quarta posição (torce por tropeços de Corinthians e Inter) e vai terminar a rodada no G-6. A distância para o líder Flamengo é de sete pontos e pode chegar a 10, caso o time carioca vença o Cruzeiro, neste sábado, no Mineirão.

O Botafogo permanece com 27 pontos, na décima colocação e torce contra Grêmio, Atlético-MG e Athletico-PR para se manter próximo ao G-6. Na 21ª rodada, o São Paulo encara o Goiás, quarta-feira, no Morumbi. No mesmo dia, o Botafogo vai a Salvador, buscar a reabilitação contra o Bahia, na Fonte Nova.

São Paulo e Botafogo fizeram um primeiro equilibrado e a igualdade parcial se fez justa, com um gol para cada time. Mesmo sem muito brilho, ou jogadas envolventes, as duas equipes tiveram o mérito do oportunismo, e balançaram a rede nas chances que tiveram.

A primeira delas foi do São Paulo. Aos 11, Reinaldo, destaque do time na primeira etapa, arriscou de fora da área e Gatito espalmou no canto direito. O Botafogo respondeu com Bochecha, que invadiu a área obrigou Volpi a praticar difícil defesa.

Após essas duas chances a partida caiu. Lento e previsível, o São Paulo não conseguia mais chegar ao gol de Gatito, até que numa jogada individual de Hernanes, que não vinha bem no jogo, abriu o placar, aos 36.

A jogada começou com Reinaldo na esquerda. Toró, até então sumido, deu bom passe para Hernanes, que, na corrida, entrou na área, driblou Marcelo Benevenuto e bateu cruzado, acertando o canto esquerdo de Gatito. A bola ainda tocou na trave antes de balançar as redes. Foi o segundo de Hernanes no Campeonato Brasileiro, o quarto na temporada.

Três minutos depois o São Paulo quase ampliou o placar. Após cobrança de escanteio, Pablo cabeceou e acertou o travessão de Gatito. E quando a primeira etapa caminhava para a vitória parcial do São Paulo, o Botafogo empatou o confronto. Aos 45, João Paulo recebeu na esquerda, driblou Juanfran e acertou um chute preciso no canto esquerdo de Volpi.

No segundo tempo a partida caiu e com elas as oportunidades de gols. O São Paulo buscou mais o gol, teve mais posse de bola em seu campo ofensivo, mas parou no goleiro Gatito: Daniel Alves, que arriscou de fora da área, a bola tocou no gramado e dificultou a defesa do paraguaio.

No final da partida, mesmo sem fazer um grande segundo tempo, o time do Morumbi foi recompensado pela dedicação e entrega, marcou o segundo gol e chegou à vitória. Aos 46, Daniel Alves cruzou da esquerda, Arboleda desviou de cabeça e Pablo completou para as redes.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 1 x 2 SÃO PAULO

BOTAFOGO - Gatito Fernández; Fernando, Marcelo Benevenuto, Gabriel e Gilson; Gustavo Bochecha (Leandro Valencia), Cícero, João Paulo, Marcinho e Luiz Fernando (Alan Santos); Victor Rangel (Rodrigo Pimpão). Técnico: Eduardo Barroca

SÃO PAULO - Tiago Volpi; Juanfran, Arboleda e Bruno Alves; Tchê Tchê, Luan (Igor Gomes), Hernanes (Everton), Daniel Alves e Reinaldo; Pablo e Toró (Antony). Técnico: Cuca

GOLS - Hernanes, aos 36 e João Paulo, aos 45 minutos do 1º tempo. Pablo, aos 46 minutos do 2º tempo.

ÁRBITRO - Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

CARTÕES AMARELOS: Hernanes (São Paulo); Cícero, Luiz Fernando e Fernando (Botafogo).

RENDA: R$ 414.516,00.

PÚBLICO: 15.821 pagantes (18.471 total).

LOCAL: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).  

* Com informações do Estadão Conteúdo

Dê sua opinião: