Domingo, 17 de novembro de 2019   -     06:02 |
5000onon

Globo lança novas atrações nesta segunda para bater a concorência

 Foto: Divulgação / TV Globo

Esta segunda-feira (3) será movimentada na TV aberta, com estreias de peso na Globo e na Record. Na emissora carioca, a primeira delas é a chegada de Maju Coutinho à bancada do Jornal Hoje (Globo), a partir das 13h20. Junto à mudança de apresentadora, deve vir cenário e formato novos.

Ainda na Globo, durante a tarde, entra no ar o Se Joga, atração apresentada por Fernanda Gentil, Érico Brás e Fabiana Karla, que mistura fofoca, humor, games e astrologia. O Álbum da Grande Família, por sua vez, deixa a programação do canal.Mais tarde, às 18h30, será a vez de "Éramos Seis", quinto remake da trama inspirada na obra de Maria José Dupré, agora com Gloria Pires e Antonio Calloni como os protagonistas Lola e Júlio. 

Na Record, com a ida de Reinaldo Gottino para a CNN, Geraldo Luís volta nesta segunda também para a bancada do Balanço Geral São Paulo, programa que já tinha comandado em duas ocasiões, entre 2007 e 2009, e depois, de 2010 até 2014. 

Ele vai bater de frente com duas novidades da Globo, Maju Coutinho e o Se Joga. No horário da atração de Fernanda Gentil, a vantagem costuma ser da Record com o quadro A Hora da Venenosa, liderado por Fabíola Reipert e que mostra a vida dos famosos. 

Questionada sobre as mudanças no Balanço Geral São Paulo, Fernanda Gentil disse que analisou as atrações dos outros canais como referências, mas que não se preocupa com isso. "Para mim é gastar energia com coisa que não vai ajudar tanto no programa. Vamos pensar no nosso, o que a gente pode trazer, como a gente pode falar, o que a gente pode falar, que o telespectador vai ganhar", disse.

Já Geraldo Luís afirmou que a concorrência educa e o estimula a ser melhor. "Estou feliz, respeito muito meus concorrentes, mas estamos aqui, à frente de uma grande emissora, de um grande programa que já balança a concorrência e com esse time que me deixa muito à vontade, mas principalmente com o time que me carrega na alma", afirmou.

Ele falou também que pretende ir para rua, gravar matérias especiais. "Quando o factual exigir, e que graças a Deus essa sensibilidade fique sempre comigo, eu preciso ir para rua, eu preciso ir para o povo", contou.

* Com informações do FolhaPress

 

Dê sua opinião: