Sexta, 10 de abril de 2020   -     02:21 |
5000onon

Nível do Marataoan continua subindo e 300 famílias estão desabrigadas em Barras; veja fotos!

 

O Rio Marataoan está próximo a transpor a Ponte dos Trabalhadores na entrada da cidade. De acordo com Francisco Sampaio, coordenador do Grupo de Resgate Voluntário (GAV), o nível continua a subir e a cota de inundação superou os 4m20cm anteriores chegando nesta quinta-feira (12) a 5m05cm.

Algumas comunidades já estão isoladas por conta do aumento do volume das água. Na localidade Riacho Verde está crítica, no Bairro Pipoca, o Rio Marataoan está bloqueando a passagem, conforme informa ao longah.com, o GAV. A localidade Murici está praticamente interditada. 

Sampaio informou que a comunidade Passa Tudo, na região da Puba, está próxima do isolamento. O Riacho Santo Antonio já atravessa a ponte. “Tivemos a informação que um motociclista arriscou a  travessia e por pouco não foi arrastado pela correnteza”, relata o coordenador.

Na região da Pi 110, que liga Barras a Miguel Alves, a passagem foi interditada na altura da localidade São Luís. O rio Marataoan margeia a estrada.  

 

Na manhã desta quinta (12), o GAV e o SAMU tiveram que resgatar uma senhora da comunidade Limoeiro que estava passando mal e ficou ilhada. Neste caso, tiveram que usar um bote para atravessá-la. A mesma coisa aconteceu ontem na região da Formosa (foto ao lado), localidade São Luis.

DESABRIGADOS

O relatório desta quinta-feira (12) já mostra que 300 pessoas estão desabrigadas em Barras. A informação foi repassada ao longah.com pelo GAV.

“As famílias estão sendo alojadas na secretaria de Obras, residência de parentes e amigos”, explica Sampaio, acrescentando que as o número de pessoas atingidas chega a 2 mil.

“Nosso telefone não para. Agora mesmo recebemos uma solicitação de remoção da Rua Fileto Pires, no bairro Floresta, 3 pedidos de remoção do bairro Pedrinhas 2, fizemos 4 remoções no bairro São Cristóvão e 2 na Vila Alda Rodrigues e bairro Xique Xique”, relata o coordenador do GAV, Francisco Sampaio.

GEOGRAFIA

A localização de Barras facilita a rápida inundação. A cidades localiza-se na bacia hidrográfica do Rio Longá e é banhada por este e pelo Rio Marataoan, além de vários riachos. Boa parte da cidade está na margem esquerda do Marataoan.

Além do Longá e do Marataoan, compõem a hidrografia de Barras, o  Riacho D’Anta, Riacho da Porção, Riacho do Baixão, Riacho do Jucá e Riacho Santo Antônio.  

 

 

 

 

 

* Com informações do Longah.com 

Dê sua opinião: