Quinta, 22 de agosto de 2019   -     22:12 |
5000onon

Hackers invadem sistema da FMS e deixa exames indisponíveis

 Foto: Reprodução/FMS

Mais de 100 mil exames foram bloqueados após hackers invadirem o sistema operacional do Centro de Diagnóstico Doutor Raul Bacelar nesta segunda-feira (22). Segundo a Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS), os dados laboratoriais, feitos em Unidades Básicas de Saúde, não foram corrompidos, apenas ficaram apenas inacessíveis.

"Como consequência temporária, alguns pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) podem não conseguir obter o resultado dos seus exames realizados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Teresina no período de setembro de 2018 até a presente data", informou a FMS.

A Fundação Municipal de Saúde registrou boletim de ocorrência e acionou imediatamente a empresa responsável pelo sistema afetado. Conforme o gerente Rafael Viana, a Gerência de Tecnologia e Informação da FMS também realizou procedimentos operacionais no local com o intuito de agilizar o serviço.

O Raul Bacelar é o laboratório de análises clínicas da Fundação Municipal de Saúde que realiza a coleta e análise de mais de 100 tipos de exames para os estabelecimentos de saúde do município. O local realiza em média 180 mil exames por mês.

* Com informações do G1 PI

Dê sua opinião: